O que acontece se eu não tratar as varizes?

Por:
O que acontece se eu não tratar as varizes?
7 de abril de 2021 Dra. Nubia
O que acontece se eu não tratar as varizes?

As varizes são um problema relacionado à saúde circulatória, que atinge cerca de 30% da população mundial, de acordo com a OMS. Entre todos os casos, cerca de 70% são mulheres

Esse problema de saúde se caracteriza pela presença de veias dilatadas, que acabam tendo uma coloração esverdeadas, arroxeadas ou avermelhadas, que vão se tornando mais e mais visíveis, com o passar do tempo, especialmente na área das coxas, pernas e pés. 

Outros sintomas muito associados às varizes são:

  • Dor e inchaço nas pernas; 
  • Fadiga; 
  • Sensação de peso nos membros inferiores. 

Para muita gente, a preocupação parece ser apenas estética. De fato, grande parte dos procedimentos para se livrar das varizes são feitas com essa motivação. Porém, você sabia que as varizes também podem oferecer riscos à sua saúde, se não forem tratadas?

Acompanhe o artigo para conhecer todos os riscos de não tratar as varizes bem como os tratamentos disponíveis. 

Como surgem as varizes?

As varizes surgem com o congestionamento do sangue nas veias e arteiras. Veja mais detalhes sobre o aparecimento das varizes no vídeo abaixo:

Qual o perigo de não tratar as varizes?

As varizes surgem devido a deficiências nas válvulas e paredes venosas, que perdem sua capacidade de manter a circulação sanguínea de maneira eficiente. Dessa forma, as veias vão perdendo a capacidade de retornar o sangue de volta ao coração normalmente.

Com isso, vai se acumulando sangue nas veias, principalmente nos membros inferiores. Essa condição faz as veias irem dilatando progressivamente e isso causa as varizes, além das inflamações, dores e inchaços das pernas. 

Em quadros mais graves, esse sangue residual, que deveria ter sido transportado de volta ao coração, pode provocar outras complicações de saúde. Conheça as principais:

1. Tromboflebites 

Ocorre quando o sangue residual nas veias varicosas ocasiona a formação de coágulos em veias superficiais ou profundas. Dessa forma, o fluxo sanguíneo é totalmente interrompido, causando dores muito intensas. 

A gravidade desse quadro vai depender de quais veias foram afetadas. O pior caso possível ocorre quando veias mais profundas são afetadas, caracterizando a trombose venosa profunda (TVP).

Apesar de não se tratar de uma doença fatal, a TVP causa muito desconforto e pode aumentar o risco de um quadro de embolia pulmonar, condição que pode levar à morte. 

Saiba mais:

Trombose: sintomas, diagnóstico e tratamentos

2. Embolia pulmonar 

Como dissemos, trata-se de um quadro que, se não tratado adequadamente, pode levar à morte.

A embolia pulmonar é uma condição clínica emergencial, caracterizada por dores no peito, falta de ar e tosse. Ocorre especialmente como complicação da trombose venosa profunda (TVP), a partir da movimentação de um dos coágulos de veias varicosas em direção aos pulmões. 

3. Eczema 

Como vimos no início, as varizes se formam quando o sistema de válvulas das veias – especialmente nas pernas – não é capaz de retornar o fluxo de sangue adequadamente para o coração; sangue esse que acaba se acumulando nas veias.

Já os eczemas ocorrem devido aos processos inflamatórios gerados por essas veias varicosas. 

As veias dilatadas acabam gerando um quadro de hipertensão na pele ao seu redor, o que frequentemente provoca lesões como os eczemas, além de outras alterações de pele.

4. Úlceras varicosas 

Semelhantemente aos eczemas, outro quadro de feridas nas pernas geralmente em consequência das varizes são as chamadas úlceras varicosas ou úlceras venosas.

Também são associadas aos processos inflamatórios na região, esse tipo de ferida costuma surgir na região dos tornozelos e têm, por característica, sua difícil cicatrização – algumas nunca cicatrizam.

Caso não sejam tratadas, essas úlceras podem levar a quadros graves de infecção, sendo fundamental os cuidados profissionais das lesões, com higienização e desinfecção constante das feridas, além da aplicação de curativos.

Leia mais:

Como melhorar e o que é bom para circulação do sangue (sanguínea)?

Como é o tratamento para varizes?

O 1° passo: diagnóstico  

O tratamento para varizes vai depender da gravidade de cada caso. Assim, é muito importante que o médico angiologista seja sempre consultado, já que é esse o profissional indicado para acompanhar os problemas relacionados ao sistema vascular. 

Apesar de poderem ser percebidas e diagnosticadas facilmente por qualquer profissional, o tratamento das varizes é muitas vezes complexo e especializado, demandando medicações, procedimentos e, às vezes, até cirurgias. Coisa que apenas o angiologista está habilitado a fazer. 

Falando em diagnóstico, um dos exames mais modernos para a avaliação do sistema vascular é o doppler vascular. Esse procedimento é capaz de esclarecer muitos aspectos relacionados às condições das varizes, sendo fundamental no acompanhamento do quadro. 

Saiba mais!

Exame de doppler vascular: o que é e como é feito?

O 2° passo: tratamentos 

Depois de ter sua condição avaliada pelo médico angiologista, uma série de ações poderão ser recomendadas para o tratamento das varizes. 

  • Casos leves: recomendação de adoção de hábitos saudáveis (dieta e exercícios físicos), aliados ao uso de meias de compressão.  
  • Casos medianos: podem ser recomendados procedimentos semi-cirúrgicos, com a utilização de medicamentos por via venosa, como a escleroterapia. 
  • Casos avançados: geralmente é recomendada a cirurgia vascular, com a utilização de laser ou remoção total de veias prejudicadas. 

Leia mais:

Exames para avaliação de varizes

Tratamento de varizes: busque ajuda médica!

Agora você já sabe o que acontece se não tratar as varizes e que isso vai muito além de uma simples preocupação estética, o principal passo a ser dado é buscar ajuda médica.

Para reduzir as chances de varizes ou evitar sua progressão, é sempre importante manter uma rotina saudável, com uma dieta balanceada, evitar o sobrepeso, manter a prática de exercícios físicos regulares e os cuidados posturais, como não permanecer numa mesma posição – sentada ou de pé – por muitas horas.

Contudo, mesmo quem tem um estilo de vida saudável pode acabar sofrendo de varizes em algum momento. Por isso, não deixe de consultar o angiologista! 

Na Clínica Viver, oferecemos aos nossos pacientes os mais modernos recursos e equipamentos do mercado. Aqui todos os exames são realizados por médicos. Assim, garantimos profissionalismo e segurança durante a realização de seus exames, com a entrega de resultados no menor tempo possível. 

Se você está em Brasília ou Entorno e tem exames solicitados, faça seu agendamento online e venha cuidar da sua saúde conosco!

Agendamento online