Teste ergométrico: para que serve e como é feito o exame?

Por:
Teste ergométrico: para que serve e como é feito o exame?
30 de maio de 2022 Dra. Nubia
teste ergométrico

Seguindo nossa série de artigos sobre os exames relacionados a detecção de problemas no coração, hoje abordaremos o teste ergométrico.

Conheça esse exame fundamental para saber como anda a saúde do seu coração quando submetido a diferentes níveis de esforço físico.

Boa leitura!

 

Para que serve o teste ergométrico?

Como sabemos, o teste ergométrico – ou teste de esforço – é a avaliação realizada com o paciente fazendo um determinado esforço numa esteira ergométrica, enquanto tem a pressão arterial e os batimentos cardíacos monitorados por aparelhos.

Esse exame serve para investigar problemas no sistema cardiovascular que, possivelmente, não seriam evidenciados com o paciente em repouso.

O teste ergométrico é solicitado em geral nas seguintes situações:

  • Avaliação pré-operatória – O exame é capaz de indicar a capacidade cardíaca do paciente para suportar os riscos do procedimento cirúrgico, por meio da escala de MET (múltiplos de equivalente metabólico).
  • Check-up cardiológico – É muito frequente o teste ergométrico fazer parte da bateria de exames solicitados para avaliação anual da saúde cardíaca, especialmente em pacientes com mais de 40 anos.
  • Confirmação de eletrocardiograma – Quando um ECG convencional revela algum tipo de alteração – ou segundo critérios médicos – o teste de esforço pode ser solicitado para trazer um panorama mais amplo.
  • Liberação para atividades físicas – Para pacientes sedentários, com mais de 40 anos, em grupos de risco ou a critério médico, o exame se mostra importante para indicar o tipo de atividade física ou o nível de esforço seguro.

Além disso, o exame também pode ser solicitado para avaliar o funcionamento de dispositivos implantados no coração (como marca-passo) ou para checar as respostas do coração a terapias ou ao uso de medicamentos.

 

Saiba mais

Dor no peito é sempre sinal de problemas cardíacos?

Como é feito o exame?

Esse exame pode ser realizado tanto em hospitais quanto em clínicas, contanto que o espaço conte com os equipamentos e os profissionais necessários para garantir a segurança do paciente, em caso de intercorrências.

Antes de começar a avaliação, são fixados eletrodos em pontos específicos do corpo do paciente, geralmente no tórax, além do aparelho para monitorar a pressão arterial, que é instalado no braço.

Conforme o protocolo determinado pelo médico, de acordo com o histórico e o condicionamento do paciente, a atividade se inicia e vai aumentando de velocidade gradativamente.

A intenção é que o paciente atinja o seu grau de esforço máximo, e assim que esse pico é alcançado o aparelho passa desacelerar até o fim da atividade.

O exame pode ser interrompido a qualquer momento, caso os aparelhos indiquem alterações relevantes, ou ainda se o próprio paciente referir sintomas ou queixas.

Vale citar que, apesar de o objetivo do exame seja testar a capacidade cardíaca máxima do paciente, trata-se de um exame bastante seguro, desde que realizado em ambiente adequadamente equipado e com o devido suporte profissional.

 

Como se preparar para o teste do esforço?

A preparação para o teste ergométrico envolve alguns cuidados, confira quais são eles:

  • Não utilizar cremes, pomadas e gel na região torácica antes do exame.
  • Ir para o local do exame com roupas confortáveis, próprias para atividades físicas.
  • Não fumar antes e logo após o exame.
  • Não fazer o exame em jejum e não comer alimentos de difícil digestão antes do teste.
  • Não praticar exercícios físicos antes da realização do exame.

 

Quais doenças podem ser diagnosticadas pelo teste ergométrico?

Inúmeras alterações e doenças que afetam o sistema cardiovascular podem ser detectadas durante o teste ergométrico. Entre as mais comuns, podemos destacar:  

  • Doença arterial coronariana (obstrução dos vasos que irrigam o coração).
  • Arritmias (alterações no ritmo dos batimentos cardíacos, para mais ou para menos).
  • Isquemia miocárdica (diminuição da passagem de sangue pelas artérias coronárias).
  • Hipertensão arterial.
  • Risco (ou histórico) de infarto miocárdico.

 

Veja também

6 sintomas que podem indicar problema no coração

 

Onde realizar teste ergométrico em Brasília-DF?

Neste exame você conheceu para que serve e como é feito o teste ergométrico. Esperamos que as informações trazidas aqui tenham esclarecido suas dúvidas.

Agora que você já sabe da importância desse exame, que tal conhecer o local ideal para realizá-lo.

A Clínica Viver é referência no Distrito Federal em exames de imagem, como o teste de esforço. Oferecemos aos nossos pacientes uma estrutura moderna e confortável, equipamentos de ponta e uma equipe preparada e atenciosa.

Acesse o botão abaixo, faça seu agendamento e venha cuidar da sua saúde conosco!

 

QUERO AGENDAR MEU EXAME NA VIVER