Para que serve o exame de ultrassom abdominal

Por:
Para que serve o exame de ultrassom abdominal
16 de dezembro de 2020 Dra. Nubia
Para que serve o exame de ultrassom abdominal

O ultrassom abdominal é um exame rápido, indolor e não invasivo, e que não utiliza radiação, recomendado  para investigações de dores abdominais, suspeitas de cistos e tumores, cálculos na vesícula e nos rins, dentre outras finalidades, sendo indicado para homens e mulheres de todas as idades. 

É  também um exame importante para o diagnosticar e quantificar a gordura no fígado ; a esteatose hepática; um problema cada vez mais frequente e que pode levar à cirrose hepática. 

Neste artigo você vai conhecer mais a fundo para que serve o exame de ultrassom abdominal, quais são as principais indicações desse exame tão importante e a forma como ele é realizado.

E então, para que serve o exame de ultrassom abdominal? 

O ultrassom abdominal é um exame de imagem que permite a visualização dos órgãos e estruturas do abdômen, como fígado, vesícula biliar, baço, pâncreas, rins, bexiga, aorta e  veia cava inferior. 

Quando acompanhado pela técnica doppler, o ultrassom abdominal também é capaz de avaliar a circulação sanguínea da área examinada, permitindo uma investigação mais ampla e precisa pelo médico, ajudando a identificar condições como tromboses, tumores, dilatação e obstrução de vasos sanguíneos. 

O que o exame de ultrassom abdominal avalia? 

Justamente devido à ampla capacidade de avaliação, o ultrassom abdominal pode ser subdividido em três modalidades, de acordo com as necessidades específicas de cada caso. A saber: abdômen superior, inferior e total.

Ultrassom abdominal superior 

É voltado para avaliar os órgãos da parte superior do abdômen, como o fígado, pâncreas, vias biliares,  vesícula e baço. 

Por meio desse exame, geralmente se avalia a presença de nódulos e cistos, bem como depósitos de gordura no fígado, casos de cirrose, pedras ou pólipos na vesícula, presença de líquidos no abdome e alterações no tamanho e formato dos órgãos e dilatação de vias biliares. 

Ultrassom abdominal inferior

É voltado para avaliar órgãos relacionados ao sistema urinário e reprodutivo em homens e mulheres, bem como as chamadas dores no baixo ventre.

Para os homens, pode servir como um dos métodos de avaliação de estruturas como vesículas seminais e próstata. Para as mulheres, ovário, útero e órgãos anexos. 

Nos dois gêneros, a ultrassonografia abdominal inferior também pode ser usada para avaliação da bexiga. 

O exame pode determinar se a próstata está aumentada,  e identificar tumores na bexiga. É indicado principalmente para mulheres virgens, no  estudo do útero e ovários,  podendo evidenciar  miomas uterinos e cistos ovarianos. 

Outra indicação importante da ecografia de abdome inferior ou pélvica é  a avaliação da puberdade precoce em crianças. 

Ultrassom abdominal total 

É a avaliação geral da região abdominal, recomendada em casos de exames preventivos ou quando as causas dos sintomas reportados não são claras.

Neste exame são avaliados o fígado, vesícula biliar,  pâncreas,  baço,  rins, aorta, veia cava inferior e bexiga. 

Podem ser identificadas doenças como esteatose hepática (gordura no fígado), cirrose hepática, pedras e pólipos na vesícula,  cálculos nos rins, tumores benignos ou malignos nestes órgãos, e aneurisma (dilatação) da aorta. Além disso, podem ser evidenciadas doenças como a  apendicite e diverticulite, e a presença de líquido no abdome. 

Em resumo, essa modalidade do exame realiza toda a investigação das duas variações anteriores.

Leia mais:

Ultrassonografia: o que é e para que serve o exame 

Ultrassom de abdômen total: 9 doenças que podem ser detectadas

Como é feito o ultrassom abdominal? 

Com o paciente deitado e a região abdominal exposta, o médico responsável pelo exame vai encostar e movimentar o transdutor pela área investigada. É esse componente que faz a emissão do ultrassom, gerando as imagens que serão vistas pelo médico no monitor.

Após avaliá-las, o profissional seleciona as que sejam mais esclarecedoras para aquela investigação específica.

Para facilitar os movimentos do transdutor sobre a pele, é comum o uso de gel incolor, sem cheiro e à base de água. Esse gel não mancha as roupas nem a pele, e sai com facilidade.   

Durante o exame, o médico pode pedir para o paciente prender a respiração por alguns segundos ou faça pequenos ajustes no seu posicionamento.

O exame dura cerca de 15 a 20 minutos, e os resultados geralmente são impressos e entregues no mesmo dia. 

Como me preparar para o exame? 

A preparação para a ultrassonografia abdominal visa proporcionar uma melhor eficiência, garantindo a ampla visualização de todas as estruturas avaliadas. Para isso, recomenda-se: 

  • Jejum de 6 a 8 a horas.
  • Evitar consumir bebidas alcoólicas e alimentos pesados ou gordurosos no dia anterior ao exame.
  • Para os casos em que será avaliado o abdômen inferior, o paciente deve estar com a bexiga cheia no momento do exame. 

Essas recomendações têm o objetivo de reduzir a quantidade de gases no abdômen, pois isso dificulta a avaliação dos órgãos e estruturas. Caso você tenha problemas recorrentes com gases, seu médico poderá receitar algum medicamento para ajudar a controlá-los no dia do exame, como Luftal.

Vale lembrar que você não precisa interromper suas medicações de uso contínuo para realização deste exame.

De maneira geral, o ultrassom de abdômen não apresenta contraindicações para sua realização. Como esse procedimento não utiliza raios ionizantes (raios X), como outros exames, é indicado para pacientes de todas as idades.

Quais são as limitações do exame? 

Apesar de ser capaz de analisar uma ampla gama de órgãos e estruturas, a ultrassonografia abdominal só é capaz de avaliar órgãos sólidos, cheios de líquido ou vasculares. 

Principalmente devido às dificuldades que os gases oferecem no processo de conduzir ultrassons, órgãos como estômago e intestino não podem ser visualizados com eficiência por meio desse exame. 

A avaliação, nesse caso, é feita de maneira externa e mais superficial, necessitando de exames mais específicos, como a endoscopia ou a colonoscopia. 

Ultrassom abdominal: simples, seguro e eficiente 

O ultrassom abdominal é um grande aliado na prevenção e diagnóstico de várias doenças.

A segurança do exame, a boa qualidade das imagens e a grande quantidade de órgãos e estruturas que ele pode avaliar tornam esse exame um dos mais importantes para pacientes de todas as idades.

Muitas doenças agem de forma silenciosa em seus estágios iniciais. Por isso, a realização dos exames de rotina é algo essencial para diagnósticos mais precoces. O ultrassom de abdômen é um desses exames.

Se você ainda tem alguma dúvida sobre para que serve o exame de ultrassom abdominal, deixe nos comentários.

A Clínica Viver é referência no Distrito Federal em exames diagnósticos. Nosso compromisso é de oferecer a nossos pacientes sempre os equipamentos mais modernos e uma equipe preparada e humana. 

Se você está em Brasília e tem exames solicitados, agende online seus exames conosco!

Comentários (0)

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*