Mapeamento de Endometriose: o melhor exame para o diagnóstico

Por:
Mapeamento de Endometriose: o melhor exame para o diagnóstico
31 de março de 2020 Dra. Nubia
o que é mapeamento de endometriose como é feito dói

Atualmente, o melhor exame para o diagnóstico da endometriose profunda é o chamado Ultrassom Transvaginal de Mapeamento de Endometriose.

Para tirar suas dúvidas, neste artigo vamos explicar como ele é feito, suas vantagens e recomendações. 

Quem deve fazer o Mapeamento de Endometriose?

Quando há suspeita, o médico responsável normalmente solicita o exame de Ultrassonografia Transvaginal de Mapeamento de Endometriose para um diagnóstico inicial. Em geral, os pacientes que devem realizar o exame se encaixam nos principais sintomas do problema e seus possíveis desdobramentos, como:

  • Cólica menstrual intensa;
  • Dor pélvica crônica;
  • Dor durante a relação sexual;
  • Infertilidade causada tanto por aderência quanto por fatores imunológicos;
  • Dor ao urinar, sangue na urina ou obstrução urinária, na Endometriose do trato urinário;
  • Dor e distensão abdominal, diarreia ou prisão de ventre, náuseas e vômitos, na Endometriose intestinal;
  • Fluxo menstrual intenso, com coágulos e cólicas na Endometriose de Parede uterina (adenomiose).

Leia também:

Check-up anual: coloque seus exames em dia

Como é feito o exame de Mapeamento de Endometriose?

O exame é realizado com o mesmo aparelho de uma ultrassonografia comum. No entanto, seu preparo envolve a limpeza de intestino e a distensão da vagina com gel,  para que qualquer lesão presente na região seja identificada com precisão.

O exame é feito com uma sonda transvaginal – instrumento fino com a espessura de um polegar – que é gentilmente inserida na vagina para a análise das estruturas pélvicas. 

No exame, o médico irá analisar cuidadosamente todas as estruturas que podem ser afetadas pela endometriose, inclusive o intestino. Por isso, é necessário que a paciente faça uma preparação intestinal antes do exame, já que fezes e gases podem atrapalhar a captação de imagens pelo ultrassom. 

A preparação intestinal para o exame transvaginal é simples: geralmente recomenda-se o uso de um laxante leve na noite anterior ao exame e um enema (medicamente para lavagem intestinal) uma hora antes. 

O médico também insere uma sonda fina na vagina, para distendê-la com gel , e facilitar a identificação de focos de endometriose vaginal, um procedimento muito simples e indolor.

Ressalta-se que o exame faz parte de um avanço médico no diagnóstico, sendo que nem todo profissional é capaz de realizá-lo e de interpretá-lo. Busque uma clínica com experiência no procedimento para obter segurança com o resultado.

Exames ginecológicos: conheça os principais

Mapeamento de Endometriose dói?

Apesar de poder causar algum incômodo, normalmente o exame não dói. São tomadas todas as precauções possíveis para não causar dor à paciente: a sonda é revestida de lubrificante antes de ser inserida na vagina e o responsável pelo manuseio deve ser um profissional treinado para isso. 

Além disso, a paciente deve ser orientada a informar os responsáveis durante o exame caso sinta dor.

Qual profissional faz o exame?

Por ser um exame diagnóstico muito importante que exige olhos treinados para identificar pequenas alterações de imagem, o Ultrassom Transvaginal de Mapeamento de Endometriose deve ser realizado por um médico especializado (ginecologista ou radiologista, nesse tipo de exame).

Como a endometriose pode se estender além de sua estrutura de origem, podendo afetar diferentes órgãos, o médico que realiza o exame de ultrassom para diagnóstico da endometriose deve ser capaz de analisar, com um olhar clínico, todas as estruturas possíveis nas quais a lesão pode se manifestar. 

Portanto, antes de marcar seu exame, escolha uma clínica com profissionais experientes e de confiança. Eles serão essenciais para que seus exames, diagnóstico e tratamentos ocorram da melhor maneira possível. 

Onde fazer Mapeamento de Endometriose em Brasília (DF)?

Se você mora em Brasília (DF) ou no entorno, a Clínica Viver de Imagens Médicas está disponível para realizar o seu Mapeamento de Endometriose com a qualidade que merece, profissionais preparados, estrutura adequada e equipamentos modernos.

Aqui, nós garantimos um diagnóstico seguro e prezamos pela agilidade na entrega de resultados.

Conheça mais sobre a Clínica Viver.

Nossas unidades estão localizadas na Asa Sul e em Taguatinga. Agende aqui a sua Ultrassom Transvaginal para Mapeamento de Endometriose na unidade de sua preferência!

Ainda em dúvida se a Viver é a melhor clínica para realizar o seu exame? Confira aqui 6 vantagens de agendar seu exame na Clínica Viver.

Dúvidas frequentes

– É possível fazer Ultrassom menstruada?

Sim, não há contraindicação em fazer a ultrassonografia transvaginal menstruada. A menstruação não interfere nos resultados do exame. Caso a paciente deseje realizar o exame nesse período, é recomendado apenas remover o absorvente interno, se estiver utilizando.

Porém, em geral, aconselha-se a mulher a não realizar a ultrassom transvaginal durante o ciclo menstrual, já que muitas pacientes podem se sentir desconfortáveis com o sangramento durante a realização do exame.

– Quanto tempo dura o exame Mapeamento de Endometriose?

Em média, o mapeamento da endometriose leva cerca de 1 hora para ser realizado. Porém, o tempo de duração do exame também pode variar de acordo com indicação e orientação médicas.

– É necessário jejum para fazer a Ultrassom Transvaginal para Mapeamento de Endometriose?

Sim, é necessário jejum mínimo de 4 horas. Está liberada a ingestão de líquidos durante esse período.

Para saber mais sobre o preparo do exame, acesse aqui a nossa página sobre a Ultrassonografia Transvaginal para Mapeamento de Endometriose.

Resumo

Neste artigo, para esclarecer as principais questões sobre o exame de Mapeamento de Endometriose, abordamos os seguintes conceitos:

  • Em geral, o exame é indicado para pacientes que estão apresentando os principais sintomas de Endometriose, a fim de diagnosticar com maior precisão a doença e seu estágio.
  • O exame é realizado com um aparelho de ultrassonografia comum, sendo necessária uma preparação intestinal antes do exame.
  • O Mapeamento de Endometriose não dói.
  • É recomendado que o exame seja realizado por um médico especializado.

Possui mais alguma dúvida? Coloque nos comentários deste artigo!

Saiba mais sobre a Endometriose

A endometriose é um distúrbio no qual o tecido do útero, chamado de endométrio, passa a crescer fora do útero; podendo se desenvolver dentro e ao redor dos ovários, na vagina, nos ligamentos atrás do útero, na bexiga, no reto,  intestino e até nos pulmões. 

Por afetar o sistema reprodutor feminino, a endometriose é uma das principais causas de infertilidade entre as mulheres. Além disso, pode causar dores pélvicas crônicas. 

Para entender mais sobre o assunto e sobre saúde da mulher, recomendamos que leia estes conteúdos: