Exame Holter: como é feito e para que serve?

Por:
Exame Holter: como é feito e para que serve?
25 de maio de 2022 Dra. Nubia
Exame Holter

Diversos exames podem ser usados para avaliar a saúde do nosso sistema cardiovascular. Entre eles, um dos mais importantes é o exame de Holter.

Trata-se de uma avaliação capaz de trazer inúmeras informações importantes, que vão auxiliar seu médico no diagnóstico, tratamento ou acompanhamento de sua saúde cardiovascular.

Neste artigo, vamos te mostrar como é feito o exame de Holter e para que ele serve. 

Boa leitura!

 

Para que serve o exame Holter?

O exame Holter é uma avaliação capaz de monitorar a atividade do coração durante o período de 24 horas, a fim de acompanhar o comportamento cardíaco do paciente durante um dia normal de sua rotina, inclusive durante o sono.

Também conhecido como eletrocardiograma de 24 horas, ele tem como maior diferencial a capacidade de trazer informações mais amplas, diferentemente de um eletrocardiograma tradicional, que dura apenas alguns poucos minutos.

Confira abaixo queixas e suspeitas que podem levar o médico a solicitar a realização desse exame:

  • Pacientes com queixas de palpitação ou arritmia.
  • Portadores de marcapasso.
  • Acompanhamento de pacientes com problemas cardíacos diagnosticados.
  • Como exame complementar ao MAPA de 24 horas, permitindo uma avaliação mais completa.
  • Queixas de tontura ou desmaios frequentes.
  • Fraqueza, cansaço ou excessivos e injustificados.
  • Eletrocardiograma alterado, visando aprofundar a investigação.

 

Veja também

7 exames que avaliam a saúde do coração

 

Como é feito o exame Holter?

O exame Holter é uma avaliação completamente indolor e não invasiva, realizada a partir da fixação de eletrodos no tórax do paciente, conectados a um aparelho que fica preso à cintura ou a tiracolo. 

Enquanto os eletrodos fazem a função de medir o funcionamento do coração, o aparelho registra as informações.

Exame Holter: como é feito e para que serve?

A instalação do dispositivo pode ser feita tanto em ambiente hospitalar quanto em ambulatório e, após isso, o paciente é liberado para realizar as suas atividades normais, monitorado pelo aparelho.

Após as 24 horas, o paciente retorna para fazer a retirada do dispositivo e dos eletrodos, a partir do que os dados colhidos pelo aparelho serão analisados para emissão do laudo.

 

Veja também

Dor no peito é sempre sinal de problemas cardíacos?

 

Qual a preparação para o exame Holter?

Para a realização do exame Holter, o paciente deverá se atentar para alguns detalhes, que são:

  • Não aplicar cremes, pomadas ou hidratantes na região do tórax, a fim de não dificultar a fixação dos eletrodos.
  • Como o aparelho não pode ser molhado, aconselha-se que o paciente tome banho antes de colocá-lo, para que o próximo banho ocorra somente após sua retirada.
  • Se for o caso, pode ser necessário depilar algumas áreas do peito, para facilitar a fixação dos eletrodos.
  • Não interromper o uso das medicações normalmente utilizadas, a menos que seja por indicação médica.

Além dos procedimentos preparatórios, é importante também se atentar aos cuidados necessários durante a realização do exame para que tudo saia conforme o esperado e ele não tenha de ser refeito:

  • Evitar molhar o aparelho.
  • Manter a programação normal do dia a dia normalmente, para que o aparelho registre a condição normal de vida do paciente.
  • Evitar o consumo de álcool e bebidas que contenham cafeína.
  • Fazer contato com a equipe assistente, caso os eletrodos se soltem ou ocorra algum problema que afete a avaliação.
  • Os pacientes devem ser estimulados a escrever seus sintomas em um diário,  juntamente com a hora em que ocorreram.

 

Quais doenças podem ser diagnosticadas pelo exame Holter?

Em geral, o aparelho é capaz de detectar todas as alterações que se reflitam no ritmo e na frequência cardíaca, como:

  • Extrassístoles atriais ou ventriculares (batimentos extra que ocorrem nas câmaras do coração)
  • Bloqueios do sistema de condução do coração. 
  • Bradicardia (ritmo cardíaco mais lento).
  • Taquicardia (ritmo cardíaco acelerado).

 

Veja também

6 sintomas que podem indicar problema no coração

 

Onde realizar o exame Holter em Brasília-DF?

Neste artigo, você conheceu como é feito e para que serve o exame de Holter. Esperamos que o conteúdo tenha sido útil.

Agora que você já sabe mais sobre esse importante exame, que tal conhecer um ótimo local para realizá-lo? 

Para isso, considere a Clínica Viver como sua melhor opção. Somos referência em exames de imagem no Distrito Federal, contando com equipamentos modernos, uma estrutura confortável, além de uma equipe preparada e acolhedora.

Se você está no Distrito Federal ou Entorno e tem pedido médico, clique no link abaixo e agende seu exame conosco.

 

QUERO AGENDAR MEU EXAME NA VIVER