Check-up para mulheres aos 40 anos: quais exames realizar?

Check-up para mulheres aos 40 anos: quais exames realizar?
18 de março de 2020 Dra. Nubia
Check-up para mulheres aos 40 anos

A partir dos 40 anos, o corpo da mulher começa a passar por transformações significativas que podem comprometer a saúde e favorecer o desenvolvimento de algumas doenças. 

Como método preventivo, recomenda-se a realização de exames anuais para aferir o estado de saúde geral da paciente. Esse check-up — uma recomendação médica para todas as idades —, a partir desta faixa etária, merece um comprometimento ainda mais apurado por parte delas. 

Portanto, se você é mulher e tem entre 40 e 49 anos, este artigo é para você! Aqui vamos te mostrar quais procedimentos devem ser realizados para colocar a sua saúde em dia.  

Mamografia

A mamografia é o principal exame de rastreamento usado para identificar o câncer de mama. É extremamente importante porque permite a geração de imagens detalhadas e da mais alta qualidade para a análise médica, identificando nódulos a partir de 2 milímetros de diâmetro.

Como o câncer de mama é mais recorrente em mulheres a partir dos 40 anos, a recomendação médica — incluindo o Ministério da Saúde — é que a mamografia seja realizada anualmente por elas (em caso de histórico familiar do câncer de mama, a partir dos 35 anos). 

Conheça as vantagens de realizar a sua mamografia na Clínica Viver.

Exames pélvicos e transvaginais

Os exames pélvicos e transvaginais, embora também sejam altamente recomendados para todas as mulheres antes dos 40, devem ser mantidos no check-up anual. Esses são indispensáveis por diagnosticar com precisão possíveis doenças, como um câncer nos ovários, mais comuns com o avançar da idade da mulher. 

A Ecografia transvaginal, por exemplo, analisa o útero e ovários de maneira precisa, sendo o principal método para diagnóstico de miomas e cistos no ovário.

Já o exame de Papanicolau é um método preventivo que analisa células colhidas do colo do útero para identificar se há a presença de câncer ou processos inflamatórios na região. 

Exame de glicemia

Não subestime o tradicional exame de sangue. Embora o exame de glicemia não seja novidade, mulheres com 40 anos ou mais costumam ter maior propensão a diabetes

Esse exame averigua a quantidade de açúcar no sangue e, a partir do resultado, identifica se o paciente se encontra em um quadro de pré-diabetes, por exemplo. O procedimento é recomendado tanto para diagnóstico como para acompanhamento e monitoramento da doença. 

Exame colesterol e triglicerídeos

Ainda dentro da categoria de exames de sangue, a partir dos 40 anos é importantíssimo checar anualmente as taxas de colesterol e triglicerídeos. Esses índices são fundamentais para você se prevenir contra infarto e outras doenças cardiovasculares.  

Ultrassom de tireoide e abdômen

O ultrassom da tireoide e o ultrassom do abdômen servem para identificar nódulos na glândula tireoide e alterações nos órgãos abdominais, respectivamente.  Sabe-se que doenças na tireoide e pedras na vesícula são mais comuns em mulheres do que em homens e costumam se manifestar mais após os 40 anos de idade, sendo importante um acompanhamento médico.

Check-up com oftalmologista 

Especialmente a partir dos 40 anos, é recomendado se atentar aos sintomas da vista cansada e a doenças mais sérias, como o glaucoma, que têm mais tendências a se manifestarem a partir dessa idade.  

Densitometria Óssea

A densitometria óssea é um importante exame que mede a densidade dos ossos da paciente, sendo analisados, geralmente, o fêmur, a coluna e punho. É o exame mais indicado para o diagnóstico da osteoporose, doença que causa diminuição da densidade óssea, o que torna os ossos mais frágeis, finos e sujeitos a fraturas. A densitometria deve ser feita ao menos uma vez por ano como exame de check-up.

A sua realização é indicada especialmente para mulheres que já passaram pela menopausa, o que geralmente acontece a partir dos 40 anos. Por causa desse processo natural, há uma queda na produção do estrogênio – hormônio que tem como função, dentre outras coisas, proteger os ossos. Com isso, os ossos da mulher se tornam mais frágeis e propensos à osteoporose.     

 

 Essas são apenas algumas orientações básicas dos principais exames solicitados em uma consulta médica. Para colocar seu check-up em dia, consulte-se com um ginecologista. A partir de uma análise clínica, o médico irá indicar todos os exames importantes para a sua saúde

 

Caso já tenha um pedido médico de exames em mãos, conte com a Clínica Viver para o seu diagnóstico. Clique aqui para agendar seus exames de imagem conosco!

 

Leia também:

5 doenças que acometem mais as mulheres

Exames ginecológicos: conheça os principais

Check-up anual: coloque seus exames em dia