O Que É Osteoporose? Prevenção Pela Densitometria Óssea

O Que É Osteoporose? Prevenção Pela Densitometria Óssea
19 de setembro de 2018 Dra. Nubia
Avatar
Destaques, Doenças
densitometria óssea

A Osteoporose é uma doença que causa diminuição da densidade óssea, fazendo com que os ossos fiquem frágeis, finos e sujeitos a fraturas. Outros nomes deste problema são Densidade Mineral Óssea diminuída ou DMO diminuída.

A Osteoporose é uma doença tão séria quanto silenciosa. Ela geralmente não apresenta sintomas até que ocorra a primeira fratura, que normalmente é espontânea, isto é, não relacionada ao trauma de uma queda ou acidente.

Os principais locais de fratura são as vértebras, punho e fêmur. As fraturas de fêmur, causadas pela Osteoporose, principalmente as proximais, de quadril, podem ser incapacitantes, e as fraturas vertebrais costumam causar dores crônicas.

Osteoporose - Densidade Mineral Óssea (DMO) Diminuída

Fratura de fêmur proximal (entre o fêmur e a bacia)

Fratura de fêmur proximal (entre o fêmur e a bacia)

A Osteoporose, o Envelhecimento e Alguns Números do Problema

O envelhecimento e a capacidade de a osteoporose passar despercebida aumentam consideravelmente o risco de fraturas por acidente. Uma em cada 30 mulheres e um em cada 50 homens com idade superior a 50 anos vão fraturar um osso devido à osteoporose.

A Osteoporose ocorre principalmente em mulheres, após a menopausa, já que os hormônios femininos atuam fixando o cálcio aos ossos e retardando a reabsorção óssea. Os homens também podem apresentar osteoporose, com a queda dos níveis de produção de testosterona. A redução da produção de hormônios, devido à menopausa ou andropausa prejudica essa importante função hormonal.

Os números mostram a extrema seriedade do problema. Cerca de 20% das pessoas de mais idade que fraturam o fêmur proximal vão a óbito no primeiro ano após a fratura, e 50% ficam incapacitados ou com limitações importantes. Lembre-se que fraturas mais sérias requerem cirurgia.

Fatores Clínicos que Contribuem para a Osteoporose

Além do envelhecimento, há fatores clínicos que podem contribuir para o aparecimento da Osteoporose:

  • Intolerância ao glúten (doença celíaca).
  • Uso prolongado de medicamentos como corticoides, anticonvulsivantes e hormônios tireoidianos.
  • Anorexia.
  • Doenças do fígado e rins.

O melhor método para o diagnóstico da Osteoporose é a densitometria óssea, um exame rápido e indolor, e que também é o exame indicado para acompanhamento da doença. Os densitômetro ósseo, aparelho utilizado para o exame, se moderno, emite baixíssima dose de radiação e mede a densidade do osso examinado com alta precisão.

E a resposta para a grande pergunta deste assunto:

 

A Osteoporose tem cura?

A Osteoporose não tem cura, mas tem tratamento. Os atuais medicamentos não revertem a perda óssea completamente, mas podem melhorar consideravelmente a massa óssea.

O médico pode indicar: reposição de cálcio e vitamina D, e medicamentos que reduzem a perda óssea e podem até aumentar a formação de osso.

Há formas não medicamentosas de se atenuar a Osteoporose. Pode-se contar com orientação de nutricionista para indicação de uma dieta rica em Vitamina D e Cálcio, e com o apoio de profissionais de para indicação de exercícios para reforço da musculatura. Em alguns pacientes pode ser indicada a terapia de reposição hormonal.

A prevenção tem também grande importância. Assim, evite:

  • Café.
  • Fumo.
  • Álcool.
  • Refrigerantes.

Prevenção de Acidentes

Há, também, providências que você pode tomar para prevenir acidentes:

  • Quando acordar à noite, espere alguns minutos antes de levantar, principalmente se estiver usando remédios para pressão.
  • Trate, se tiver, os problemas de visão.
  • Não deixe objetos espalhados no chão.
  • Não deixe tapetes soltos.
  • Evite calçados de saltos e com solado liso, preferindo os com solados antiderrapantes.
  • Não encere o assoalho.
  • Não ande em locais pouco iluminados.
  • Evite locais com chão molhado.
  • Não guarde objetos em prateleiras altas.
  • Utilize corrimão dos dois lados em corredores mais longos.
  • Coloque banco de plástico dentro do box, para apoio durante o banho.
  • Evite desníveis e degraus desnecessários.
  • Coloque barras de segurança no banheiro.
  • Se possível, revista com piso antiderrapante a cozinha e banheiros.
  • Coloque corrimões e barras de apoio próximos à cama, vaso sanitário e dentro do boxe do banheiro.

Hábitos Saudáveis para Evitar o Progresso da Osteoporose

E hábitos que ajudam a evitar o desenvolvimento da osteoporose, como:

  • Mantenha seu peso o mais próximo de ideal.
  • Mantenha uma dieta rica em Vitamina D e Cálcio.
  • Tome sol em horários adequados e pratique exercícios regularmente. Uma caminhada de 30 minutos, 5 vezes por semana já melhora substancialmente a densidade óssea.
  • Faça, regularmente exames de densitometria óssea e consulte seu clínico ou geriatra.

A Clínica Viver de Imagens Médicas, em Brasília, tem os mais modernos densitômetros disponíveis, além de profissionais experientes e preparados para cuidar de seu exame e de sua saúde.

Acompanhe nossos textos e vídeos para mais informações sobre sua saúde.

Comente, pergunte, participe das nossas discussões.

Aguardamos e agradecemos sua participação.

Comentários (0)

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*