Dor no pulmão: o que pode ser?

Uma queixa que pode variar bastante de características, intensidades e possíveis causas é a dor no pulmão. 

Pelo fato de poder estar relacionada a diversas condições diferentes, pode ser mais difícil para a própria pessoa identificar do que se trata, daí a importância de buscar ajuda médica o quanto antes.

Para te ajudar a entender melhor esse problema, suas possíveis causas e quando procurar ajuda médica, criamos este conteúdo específico sobre o tema.

Boa leitura!

Dor no pulmão: como identificar?

As dores no pulmão podem variar em intensidade e localização, dependendo do que esteja causando o problema. Aqui estão algumas características das dores no pulmão para que você tenha mais condições de identificá-las:

Localização

As dores no pulmão geralmente são sentidas na região do tórax, nas costas ou no peito. Elas podem ser localizadas em uma área específica ou em áreas difusas, dependendo da causa da dor.

Tipo de dor

As dores no pulmão podem ser descritas de várias maneiras, incluindo:

✅ Dor aguda: dor súbita e intensa, que pode ser causada por lesões, infecções agudas ou condições graves.

✅ Dor constante: dor persistente, que pode ser causada por condições crônicas, como inflamação crônica, doenças pulmonares crônicas ou câncer.

✅ Dor latejante: sensação de dor pulsante, que pode ser associada a inflamação, infecção ou trauma nos pulmões.

✅ Dor lancinante: dor aguda e penetrante que pode ser sentida ao respirar fundo ou tossir, muitas vezes associada a condições como pneumonia ou embolia pulmonar.

Agravamento dos sintomas

As dores no pulmão podem ser agravadas por certas atividades, como respirar profundamente, tossir, rir ou fazer exercícios físicos. Algumas pessoas podem notar que a dor piora ao deitar-se de um lado específico ou ao realizar determinados movimentos.

Sintomas associados

Além da dor no pulmão, outras manifestações podem estar presentes, dependendo da causa do problema. Isso pode incluir tosse, falta de ar, febre, chiado no peito, escarro com sangue, fadiga e perda de peso.

Histórico médico e exposições

O médico pode considerar o histórico da pessoa, incluindo histórico de tabagismo, exposição a agentes tóxicos, histórico de infecções respiratórias ou condições pulmonares prévias, como asma ou doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC), ao avaliar as dores no pulmão.

É importante notar que as dores no pulmão podem ser causadas por uma variedade de condições, algumas das quais podem ser graves e exigir atenção médica imediata, como veremos a seguir.

O que pode ser?

Existem várias possíveis causas para dores no pulmão, que podem variar de condições benignas a problemas mais graves. Aqui estão algumas das causas mais comuns:

✅ Infecções respiratórias: Infecções como pneumonia, bronquite aguda ou crônica, gripes graves e tuberculose podem causar dores no pulmão devido à inflamação dos tecidos pulmonares.

✅ Lesões torácicas: Traumas no peito, como fraturas de costelas, contusões pulmonares ou lesões internas, podem resultar em dores no pulmão.

✅ Inflamação pleural: A inflamação da membrana que envolve os pulmões (pleura) pode causar dores no pulmão. Isso pode ser devido a condições como pleurisia, pneumotórax ou derrame pleural.

✅ Asma: Asma não controlada pode levar a espasmos nos músculos ao redor dos pulmões, resultando em dores no peito.

✅ Doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC): Condições como bronquite crônica e enfisema associadas à DPOC podem causar desconforto no peito e dores no pulmão.

✅ Embolia pulmonar: Um coágulo sanguíneo que se desloca para os pulmões pode bloquear o fluxo sanguíneo, causando dor no peito, dificuldade respiratória e outros sintomas.

✅ Câncer de pulmão: O câncer de pulmão pode causar dores no pulmão à medida que cresce e afeta os tecidos circundantes. A dor pode ser resultado da invasão tumoral dos nervos ou estruturas adjacentes.

✅ Doenças autoimunes: Condições como sarcoidose ou doença do tecido conjuntivo podem afetar os pulmões e causar dor no peito.

✅ Exposição a substâncias irritantes: Inalação de fumaça, vapores químicos, poluição do ar ou poeira pode irritar os pulmões e causar dores no peito.

✅ Outras condições médicas: Doenças cardíacas, como angina, ou distúrbios gastrointestinais, como refluxo ácido, podem causar sintomas que podem ser interpretados como dores no pulmão.

Essas são apenas algumas das possíveis causas de dores no pulmão. É importante consultar um médico para avaliação adequada e diagnóstico preciso, especialmente se as dores forem persistentes, graves ou acompanhadas de outros sintomas preocupantes.

Tratamentos para dor no pulmão

Os tratamentos para dores no pulmão vão depender sempre do que esteja causando esse sintoma. Aqui estão alguns dos possíveis tratamentos que podem ser prescritos pelo médico, dependendo do diagnóstico:

Tratamento de infecções respiratórias

Nos casos em que a dor no pulmão esteja sendo causada por infecções bacterianas, como uma pneumonia, o tratamento geralmente envolve antibióticos. Já no caso de infecções virais, como a gripe, podem ser tratadas com repouso, hidratação e medicamentos para aliviar os sintomas.

Analgésicos e anti-inflamatórios

Para causas como pleurisia (inflamação da pleura) e traumas torácicos simples, costumam ser usados medicamentos analgésicos de venda livre, para ajudar a aliviar a dor e a inflamação associadas a essas condições.

Corticosteroides

Em casos de inflamação severa, como na asma ou em algumas doenças autoimunes, os corticosteroides podem ser prescritos para reduzir a inflamação e aliviar os sintomas.

Tratamento específico para outras condições

Dependendo da causa identificada, o médico pode prescrever tratamentos específicos. Isso pode incluir broncodilatadores para asma, oxigenoterapia para doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC) ou tratamento anticoagulante para embolia pulmonar.

Fisioterapia respiratória

Em casos de condições como pleurisia ou pneumonia, a fisioterapia respiratória pode ajudar a limpar os pulmões de secreções, promover a respiração profunda e aliviar a dor.

Cirurgia

Em casos graves, como pneumotórax ou câncer de pulmão, pode ser necessária intervenção cirúrgica – e outras intervenções – para corrigir o problema ou remover o tecido afetado.

Modificações no estilo de vida

Em alguns casos, fazer alterações no estilo de vida – como parar de fumar, evitar a exposição a irritantes ambientais, perder peso ou adotar uma dieta saudável – pode ajudar a melhorar os sintomas e prevenir recorrências.

É importante ressaltar que o tratamento adequado para dores no pulmão depende do diagnóstico preciso da causa subjacente. Portanto, é essencial buscar ajuda médica para avaliação e orientação adequadas. Nunca se automedique, especialmente se estiver enfrentando sintomas respiratórios graves ou persistentes.

——————————-

Uma das missões da Clínica Viver de Imagens Médicas é promover saúde, bem-estar e qualidade de vida para as pessoas. Seja oferecendo serviços de excelência, seja produzindo conteúdos úteis e sempre gratuitos.

Somos referência em exames de imagem no Distrito Federal e contamos com as tecnologias e os profissionais que você precisa para ter o melhor diagnóstico.

Se você está no Distrito Federal ou Entorno e tem exames de imagem solicitados, clique no link abaixo para agendar conosco!

Quero agendar meus exames na Viver

Recomendados