Tratamento de Câncer de Próstata – Principais Opções

Tratamento de Câncer de Próstata – Principais Opções
30 de novembro de 2018 Dra. Nubia
cancer-de-prostata-tratamentos

Tratamento de Câncer de Próstata

Fechamos nossa série, em formato de perguntas e respostas, de 3 artigos sobre a saúde da próstata, apresentando opções de tratamento de câncer de próstata.

Se você não viu as duas partes anteriores, onde definimos câncer de próstata e seus sintomas no 1º, e falamos dos exames mais indicados no 2º, clique nos links abaixo, a fim de vê-las primeiro:

Câncer de Próstata – Definição e Principais Sintomas

Diagnóstico de Câncer de Próstata – Principais Exames

 

Prefere ver este conteúdo em vídeo?

 

Existem Maneiras de Se Proteger do Câncer de Próstata?

Não se evita câncer. Agora, cada vez mais estudos mostram que hábitos e certas dietas são importantes aliados da saúde.

Em nosso caso, o consumo de alimentos ricos em licopeno, encontrado no tomate e frutas vermelhas; de vegetais crucíferos, como o brócolis, couve flor e repolho; assim como de alimentos ricos em selênio, como a castanha do Pará, mostra-se como a dieta mais adequada.

Da mesma forma, deve-se evitar churrascos, frituras, embutidos e enlatados.

E, como sempre, fazer exercícios físicos, evitar a obesidade e não fumar sempre é positivo.

 

O Câncer de Próstata é Curável?

Sim, em mais de 90% dos casos, o tratamento de câncer de próstata é bem sucedido, desde que encontrado em fase inicial, já que a maioria dos cânceres de próstata cresce lentamente.

Isto mostra que o acompanhamento é imprescindível a fim de se aumentar a chance de cura.

 

A Cirurgia de Retirada da Próstata Sempre Faz Parte do Tratamento de Câncer de Próstata?

Na maior parte das vezes, é necessário retirar-se a próstata.

 

O Que é Feito na Cirurgia?

Na cirurgia são retiradas a próstata, as vesículas seminais e linfonodos comprometidos (pequenas ínguas), se houver.

A cirurgia mais comum é a prostatectomia radical retro púbica, na qual o cirurgião faz um corte no abdome, do umbigo até o osso púbico.

Temos também a cirurgia laparoscópica, em que são realizados pequenos cortes no abdome, onde são inseridos instrumentos para se retirar a próstata.

Outra modalidade, esta mais recente, é a cirurgia robótica, na qual o cirurgião controla os braços do robô a fim de realizar a cirurgia por meio de laparoscopia.

 

Qual a Melhor Cirurgia para o Tratamento do Câncer de Próstata?

As cirurgias laparoscópicas costumam ser as mais escolhidas, já que costumam ter recuperação mais rápida e com menos efeitos colaterais.

Porém, os números mostram que tanto as chances de cura, quanto as complicações, tais quais impotência e incontinência urinária, ainda são muito semelhantes.

Assim, a melhor cirurgia é aquela que o seu cirurgião de confiança tem mais experiência.

Converse com o seu médico, a fim de ver com qual método com o qual ele se sente mais à vontade.

 

Quais os Riscos de se Ficar com Incontinência Urinaria Após a Cirurgia?

Devido à manipulação da uretra, é comum que, logo após a cirurgia, o paciente apresente perda urinária espontânea.

Esse problema tende a desaparecer passadas algumas semanas ou meses.

A incontinência urinária pode permanecer em 5 a 10% dos pacientes, mas é curável com cirurgia do tipo sling, onde se coloca uma malha embaixo da uretra, a fim de reforçá-la, ou nos casos mais severos, por meio da cirurgia de esfíncter artificial.

 

E Qual o Risco de se Ficar Impotente?

A temida impotência ocorre em frequência que varia de 15 a 60%, pois depende de alguns fatores. Sua ocorrência é mais comum em pacientes acima de 60 anos, naqueles que já tinham disfunção erétil antes da cirurgia, e em diabéticos ou tabagistas.

A impotência normalmente ocorre devido a resseção de 2 nervos responsáveis pela ereção, já que estes passam muito próximo da próstata.

Nem sempre eles podem ser poupados visto que dependem do tamanho ou das características do tumor.

A capacidade de voltar a ter ereções pode demorar de alguns meses até 2 anos após a cirurgia.

O tratamento nestes casos pode ser feito com medicamentos orais, tais como a sidenafila e taladafila, aos quais 60 a 70% dos pacientes respondem, ou, ainda, por medicações injetáveis e próteses penianas.

 

O Homem Perde a Capacidade de Ter Orgasmo Após a Cirurgia de Tratamento de Câncer de Próstata?

Não, apenas ele não vai mais ejacular, visto que as vesículas seminais foram retiradas.

A sensibilidade permanece, mas o que ocorre é o chamado orgasmo seco, sem ejaculação, mas com sensibilidade.

 

A Clínica Viver

A Clínica Viver de Imagens Médicas, em Brasília, já se consolidou como referência em exames por imagens, tanto pela credibilidade e experiência de seu corpo clínico, já que é constante o aperfeiçoamento das suas equipes médicas e de atendimento, e, também, por seus equipamentos de última geração.

Nosso compromisso é proporcionar a quem nos procura um atendimento humano e ético, garantindo um diagnóstico seguro e rápido.

Dispomos de ambiente amplo e confortável, com grande área de recepção e espera, área para crianças e 3 banheiros.

Temos 9 salas de ultrassonografia (ecografia), uma delas com ecógrafo para ecodoppler fetal, além de mamografia digital e densitometria óssea.

Fazemos ultrassonografia de próstata, que é importante exame para o diagnóstico de câncer de próstata.

Veja nossas instalações em fotos normais e 360º.

Fazemos, também, biópsias de próstata guiadas por ultrassonografia de próstata.

Nossos laudos ecográficos são entregues minutos após o término do exame, porque prezamos pela agilidade tanto na marcação de consultas e exames, como na entrega dos resultados.

Os laudos de mamografias e densitometrias ósseas em até 3 dias, tudo sempre com checagem dupla.

Teremos grande prazer em receber você na nossa clínica.

Agradecemos seu interesse por nosso conteúdo sobre Tratamento de Câncer de Próstata.

Se precisar de exames de ultrassonografias, densitometrias, mamografias, tomografia, endoscopias ou biopsia em Planaltina-DF e região, procure a Clínica Afetus.

A Clínica Afetus também oferece consultas de gastroenterologia, cirurgia geral, ortopedia, clínica médica, endocrinologia, mastologia, ginecologia e obstetrícia em Planaltina/DF.

Comentários (0)

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*